A parceria público-privada (PPP) de Paulínia é um caso relevante para a experiência brasileira em função de seu objeto, do perfil do poder público contratante e dos desafios enfrentados nas interações com o controle externo (Tribunal de Contas do Estado de São Paulo – TCE/SP). Adicionalmente, o projeto está diretamente conectado com o eixo de desenvolvimento econômico e social da cidade (indústria cinematográfica e audiovisual), definido pelo poder público, e sofreu, em alguma medida, com a alternância do poder político na cidade. Nesse sentido, o caso também revela desafios que são enfrentados por PPPs nos momentos em que há alterações de visão na gestão pública e eventuais questionamentos sobre a manutenção da prioridade do projeto no tempo.