Muitas economias globais ainda estão por adotar as melhores e mais reconhecidas práticas para estruturar, licitar e gerir contratos de PPP, de acordo com o report World Bank Group’s Benchmarking PPP Procurement 2017.

O documento produzido pelo Banco Mundial e pelo PPIAF – Public Private Infrastructure Advisory Facility destaca potenciais melhorias que podem contribuir para que governos aperfeiçoem a concepção de melhores licitações e contratos de PPP gerando, por consequência, infraestrutura e serviços públicos de melhor qualidade.

Foram investigadas as capacidades de 82 diferentes países para quatro áreas: preparação, licitação, manifestações de interesse privado não solicitadas pelo poder público e regulação de contratos de PPP.

O sócio da Radar PPP, Marcos Siqueira, contribuiu com a construção deste material, revendo o conteúdo das perguntas e ajustando o modelo para o ambiente institucional brasileiro.

Você pode ter acessar o conteúdo do documento gratuitamente clicando aqui.