Os objetivos do Grupo Banco Mundial de acabar com a pobreza extrema até 2030 e promover a prosperidade não serão alcançados a menos que haja um enorme impulso na qualidade e quantidade dos serviços de infraestrutura. A instituição defende que a superação deste desafio pode também contribuir para a geração de empregos e para  impulsionar o crescimento econômico.

Nesse cenário, as Parcerias Público-Privadas (PPPs) podem ter um papel fundamental para reduzir o déficit de infraestrutura. Entretanto, é preciso reconhecer que as PPPs são arranjos complexos e, portanto, os governos precisam priorizar aquelas necessidades públicas que, efetivamente, reunam as melhores condições para serem objeto desta modalidade de contrato.

O Banco Mundial, com o proposito de contribuir para que se entenda os potenciais e as limitações das PPPs, organizará o primeiro curso gratuito online sobre o papel das PPPs no desenvolvimento de infraestrutura e prestação de serviços públicos.

O curso propiciará aos participantes conhecer as oportunidades e desafios – desde a estruturação até a implementação de uma PPP – a partir de experiências de governos e organizações de várias partes do mundo, sendo ministrado por representantes de governos e de pessoas com experiências conceituais e práticas no tema.

Dentre os instrutores estão especialistas da Harvard University, Johns Hopkins University, Indian School of Business, European Investment Bank, Fundo Monetário Internacional (FMI), United Nations Economic Commission for Europe (UNECE) e o sócio da Radar PPP, Marcos Siqueira.

O curso estará disponível, gratuitamente, na plataforma online Coursera e inclui videos, sugestões de leituras e vários outros materiais de apoio ao aprendizado.

Confira aqui: www.coursera.org/course/effectiveppp