Reportagem da Folha de S. Paulo, baseada em informações do serviço de monitoramento de oportunidades no mercado de parcerias desenvolvido pela Radar PPP, tenta apontar e explicar os principais acontecimentos do ano de 2017.

A reportagem destaca o número record de Procedimentos de Manifestação de Interesses lançados no ano de 2017 e sugere explicações para a significativa queda no número de contratos assinados no ano.

Foi apresentado, com base em levantamento feito pela Radar PPP, o número de 8,13% como a taxa de conversão de PMIs em contratos assinados.

O sócio da Radar PPP, Guilherme Naves, foi ouvido pela reportagem.

Sobre o tema da “mortalidade” dos projetos, Naves se mostrou menos preocupado do que o número, inicialmente, poderia sugerir: “se o projeto é ruim, tem que morrer mesmo.”

A reportagem, na íntegra, para assinantes ou cadastrados, pode encontrada clicando aqui.