É sabido que parte relevante das concorrências relacionadas às concessões e PPPs são paralisadas por conta de decisões judiciais, baseadas nos mais diversos motivos.

Reportagem da Folha de S. Paulo destacou que, para mitigar este risco, governos têm se recorrido aos órgãos de controle de maneira prévia à publicação dos editais, na expectativa de que essa estratégia gere mais credibilidade e segurança para o processo.

A reportagem usou dados da ferramenta online de acompanhamento de projetos de PPP e concessão da Radar PPP, o “Radar de Projetos”, para concluir que das 33 concorrências abertas desde 2015, 9 foram suspensas por órgãos de controle ou por decisões judiciais.

Para ter acesso à íntegra da reportagem, clique aqui. Para conhecer mais sobre o “Radar de Projetos”, clique aqui.