A Revista Istoé fez uma reportagem sobre o avanço da pauta de desestatização pelo país.

As concessões de ativos de infraestrutura podem gerar investimentos de até R$ 300 bilhões nos próximos anos, de acordo com levantamento feito pelo Itaú BBA à reportagem.

Segundo a reportagem, o governo incumbiu o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) de assessorar os Estados (e municípios) no processo de transferência dos serviços para a iniciativa privada, com a estruturação dos negócios.

A Istoé foca essa matéria no setor de saneamento, mas fez questão de ouvir o sócio da Radar PPP, Bruno Pereira, para lembrar de outro setor que cresce significativamente em número de oportunidades: o de iluminação pública.

O sócio da Radar PPP afirmou que há no país entre 130 e 140 municípios estudando a transferência dos serviços para a iniciativa privada. Oito contratos já foram assinados, sendo o mais importante o de Belo Horizonte (MG). O BNDES também tem auxiliado as capitais nesse processo. Em agosto houve a contratação dos estudos técnicos para os projetos de Porto Alegre (RS) e Teresina (PI). Em setembro devem ser contratados os estudos de Macapá (AP).

A reportagem pode ser lida na íntegra clicando aqui.