O Município do Rio de Janeiro iniciou a consulta pública das minutas de edital, contrato e anexos da concessão de uso de espaço público, com encargos de implantação, manutenção e operação do sistema de compartilhamento de veículos elétricos da cidade.

O projeto foi estruturado por um grupo de consultores liderado pela Radar PPP e que possui a Pwc, a Idom, o Albino Advogados Associados, a BYD e a Dirija Já no consórcio.

O prazo de vigência da concessão de uso é de 5 anos e o valor do investimento estimado, de responsabilidade da concessionária, é de R$22.538.392,00.

A futura concessionária cobrará tarifas dos usuários do sistema, assim como poderá auferir receitas extraordinárias, com destaque para as publicidades nos veículos e nas estações. Segundo estimativa do estudo apresentado na consulta pública, o usuário que aderir ao plano anual deverá pagar uma tarifa de R$18,00 por 30 minutos de uso do veículo.

As principais informações que dizem respeito ao projeto, encontram-se disponíveis neste link, no campo destinado à Secretaria Especial de Concessões e Parcerias Público-Privadas.

Os interessados em fazer críticas, comentários e sugestões têm até o dia 13 de novembro para enviá-los pelo e-mail licitacao.secpar@gmail.com.